quarta-feira, 24 de março de 2010

Chamaste?

Senti o teu toque nas minhas costas...
Leve, com um dedo apenas!
Um chamamento, um pedido de atenção.
Virei-me a sorrir!
Ali estavas em existência real...
Ali me olhavas com os teus olhos polidos.
Todo o meu corpo virou espera,
Toda eu exclamava questão!
Que anseio por te saber a saber de mim!
Quantas fantasias criei!
Histórias e músicas e futuros!
Um café! Um jantar! Uma fuga a dois pelo mundo fora!
Lia símbolos e sinais escondidos nos teus gestos:
A palma da mão virada para mim?
- Vontade do toque no meu corpo!
A inclinação do teu rosto?
- Receio de ser demasiada a tua ousadia!
Entreabriste os lábios:
-"Tens a etiqueta da camisola de fora."
-"Ug?! Ah! Obrigada."
Rodaste os pés e foste embora.
Corei!

2 comentários:

Piri-Piri disse...

De algo tão simples fizeste um Acontecimento, foi bonita a maneira como a descreveste ;)
Umas etiquetas dão comichão, outras irritam a pele, mas neste caso um motivo para sonhares xD

Rita P. disse...

Na verdade não foi bem um acontecimento...mas acho que todos já vivemos algo semelhante. Eu sou pródiga nisso! Demasiada fantasia, quiçá!